Desespero

Falo, falo, falo mas já não tenho mais o que dizer.

Talvez ainda reste um pouco de dignidade que me faça calar,

ou ainda aquela falta de orgulho e auto suficiência para dar uma desacelerada.

Ou até mesmo, um bom ponto de vista da minha linha do horizonte.

Sempre falo, falo, falo de mais. Eu já sei que não tenho mais nada a dizer.

Talvez tenha um pouco de razão em ficar calado,

não opinar quando não sou requisitado,

não falar quando não há necessidade.

Só sei que falo, e não sei o que dizer.

DESESPERO.

Só pode ser,

tem que ser,

há um motivo para ser.

Mas é calmo o caos instaurado, uma pedra fazendo ondas em uma lagoa tranquila, que é bela por si só e não pediu para ter a placidez interrompida.

Na verdade é só incerteza,

é só amargura,

é só.

Por que?

Falo, falo, falo mas já não tenho mais o que dizer.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s