Além da Escuridão – Star Trek (2013)

Vida longa e próspera!”

Nada melhor que começar a escrever sobre a tão aguardada continuação de “Jornada nas Estrelas” (Star Trek) com a saudação do bom e velho Spock. E claro, após uma longa espera de quase quatro anos desde o reboot em 2009, os fãs da franquia foram agraciados com o longa-metragem “Além da Escuridão – Star Trek” (Star Trek Into the Darkness, 2013), sob a direção do cineasta J.J. Abrams.

startrekDepois dos personagens terem sido devidamente apresentados no filme anterior (Star Trek, 2009), compondo a famosa tripulação da USS Entreprise, a nova aventura do capitão Kirk (Chris Pine), do primeiro oficial Spock (Zachary Quinto) e dos demais tripulantes é deveras complicada. Uma força incontrolável e brutal ameaça toda a Frota Estelar e, consequentemente, toda a galáxia. Assim, Kirk é convocado para enfrentar um temível vilão ao mesmo tempo em que ele e os tripulantes da Enterprise são confrontados por suas próprias fragilidades e sentimentalismos expostos e a flor da pele. Em um prólogo de cerca de 9 minutos, J.J. Abrams exibe os tripulantes da Enterprise em um planeta primitivo, um pouco inóspito, que possui um vulcão prestes a explodir. Com os nativos do Planeta Vermelho em uma perseguição implacável, Spock em um vulcão em erupção e a Entreprise em baixo d’água é inevitável deixar que a adrenalina flua. Assim, logo de cara, o espectador é lançado para um cenário bem construído em que o vermelho intenso do habitat destoa com os figurinos azuis de Kirk e Leonard McCoy (Karl Urban), além do branco e amarelo dos habitantes do planetinha. Habitantes estes bastante estranhos e um tanto quanto fascinantes, evidenciando nessa abertura um excelente trabalho de Direção de Arte de Scott Chambliss, Figurino de Michael Kaplan e Maquiagem de David Danon. Outro acerto da equipe são os Klingons, que aparecem também no longa em uma versão mais “recauchutada”.

stark-trek-into-darkness-villainNovamente J.J. Abrams dá um show dirigindo seu segundo filme da franquia “Jornada Nas Estrelas”. Obviamente, há planos característicos do diretor com direito a uma de suas “assinaturas”: o lens flare. Abrams pouco ousa no enquadramento dos diálogos, nada mais do que primeiríssimos primeiros planos ou então algum over shoulder, apenas destacando a reação dos personagens e aumentando a carga dramática durante as intensas conversações. As cenas de ação são bem dosadas, sem cortes demasiadamente abruptos e conseguem manter a excitação, a atenção e o desejo do espectador a fim de que se resolvam os conflitos apresentados em tela. O roteiro de Alex Kurtzman, Damon Lindelof e Roberto Orci é premiado com toques de humor, porém, inevitavelmente cai na previsibilidade em alguns momentos.

star-trek-into-darknessÉ importante ressaltar que por mais que seja interessante ver o primeiro filme, a sequência é uma obra que se sustenta por si só. A engrenagem do filme é o vilão e Benedict Cumberbatch (série “Sherlock“, 2010)  cai como uma luva no papel do antagonista, o terrorista John Harrison. Quando o ator abre a boca, a sua postura e voz grave fixam a imagem marcante do personagem. Há um jogo de espelhos entre o protagonista e o antagonista, delineando que são verdadeiramente opostos: se por um lado Kirk é um líder impulsivo e intuitivo, Harrison é um ser cruel, frio e manipulador. Além do mais, o vilão tem um propósito, uma motivação, uma honra própria que confere ao seu personagem a possibilidade de despertar falcilmente o fascínio e a empatia. É um vilão complexo e são suas ações demonstram o tamanho de sua crueldade. Sem dúvidas, é um dos motores e grandes êxitos do longa-metragem.

Star_Trek_kirk_and_spockAinda que secundariamente, mas não menos importante, é possível ver o amadurecimento de Kirk como um líder. Star Trek também exploxa profundamente o vínculo emocional entre o vulcano Spock e os demais tripulantes, especialmente Kirk. São esses dramas paralelos que conseguem dar uma aliviada entre as cenas de maior tensão do filme, embora isso custe tentativas forçosas para escorrer as lágrimas do público. Tudo em quantidade relativamente aceitável.

Como um típico filme daqueles “aventura garantida”,  Star Trek – Além da Escuridão consegue ir além. A conversão para 3D foi uma escolha acertada e mais uma vez J.J. Abrams prova que conseguiu dar um novo impulso à franquia – para deleite dos fãs e até mesmo daqueles que desconhecem o universo de Jornada nas Estrelas.

Nota: 9/10.

St_Destruction_English_Intl_1shtTítulo Original: Star Trek Into the Darkness. Direção: J. J. Abrams. Roteiro: Alex Kurtzman, Damon Lindelof e Roberto Orci. Produção Executiva: Jeffrey Chernov, David Ellison, Dana Goldberg e Paul Schwake. Produção: J.J. Abrams, Bryan Burk, Alex Kurtzman, Damon Lindelof e Roberto Orci. Direção de Arte: Scott Chambliss. Figurino: Michael Kaplan. Maquiagem: David Danon. Direção de Fotografia: Daniel Mindel. Montagem: Maryann Brandon e Mary Jo Markey. Elenco: Alice Eve, Andy Demetrio, Anjini Taneja Azhar, Anton Yelchin, Ariel Diane King, Beau Billingslea, Brendan Norman, Brent McGee, Britanni Johnson, Bruce Greenwood, Chris Pine, Elly Kaye, Gianna Simone, Heather Langenkamp, Hina Khan, John Cho, Jon Lee Brody, Jonathan Dixon, Joseph Gatt, Karl Urban, Kasia Kowalczyk, Katie Cockrell, Kellie Cockrell, Kraisit Agnew, Kyle Valle, Melissa Baldridge, Mike Kalinowski, Nazneen Contractor, Nick Taraby, Ningning Deng, Noel Clarke, Nolan North, Omid Zader, Peet Montzingo, Peter Weller, Ser’Darius Blain, Simon Pegg, Tom Archdeacon, Westley Nguyen, Zachary Quinto e Zoe Saldana. Gênero: Ficção/ Aventura. Ano: 2013. Idioma: Inglês. País: EUA. Estúdio: Bad Robot Productions/ Skydance Productions/ KO Paper Products. Distribuição: Paramount Pictures.

3 responses to “Além da Escuridão – Star Trek (2013)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s