Verborrajando – Não existe amor em SP

Assim como eu, eu sei que muitos estão acompanhando o rumo que as greves, tanto no Rio, tanto em Sampa estão levando.

Como toda a forma de protesto que existe, não só no Brasil, mas no mundo, é deturpada. Não somente pelos policiais que são os responsáveis pela contenção dos “revolucionários”, munido de força e violência desnecessárias, muitas vezes sequer sabendo o que está fazendo, como dos próprios manifestantes, que muitas vezes perdem toda a sua merecida razão simplesmente por falta de coerência na hora de se militar em um protesto.

Assim como todo movimento de protesto, esse começou nas escondidas, em pequenas reuniões até chegar na multidão que se encontra hoje nas ruas. O aumento de R$0,20 é o que está sendo posto como combustível dessas rebeliões do povo. Esse valor no final do mês, pode não ser significativo para alguns, mas definitivamente é um peso no bolso do trabalhador que tem que SOBREVIVER com uma droga de salário mínimo.

Esse aumento foi apenas o estopim para o que já estava acumulado a bastante tempo por esses manifestantes (e até mesmo por alguns, como eu, que até hoje se acomodaram em seu conforto sem nem sequer saber do que tudo se trata), o motivo real das manifestações é bem maior e nem um pouco complexo de se entender.

O transporte publico é um meio do qual a grande maioria dos brasileiros tem de fazer uso para, não somente ir para seus respectivos trabalhos exaustivos, mas como também para a aula, seja em qual nível de escolaridade esteja. O transporte publico, alem de ser uma boa saída para não agarrar mais ainda o trânsito é muitas vezes a única forma de transporte que o brasileiro comum tem. É por isso que os aumentos sempre são passados sem uma discussão maior do motivo e sem nenhum retorno na infraestrutura e segurança.

O aumento é feito por dois motivos simples, as empresas que administram esse meio de locomoção em massa, SABEM que quem faz o uso muitas vezes, ou quase sempre, não tem outra alternativa, portanto, o aumento tem que ser engolido, e mesmo que não digerido, aceito.  A outra razão é mais clara ainda, o aumento só existe por que eles PODEM e QUEREM.

A politica “abre pernas” que o nosso governo vem aprimorando desde FHC vem facilitando esse abuso em tarifação. O povo sem voz o que pode fazer, aceitar, baixar a cabeça, entender que não pode fazer nada… NÃO!

O brasileiro tem que saber onde começar. Entender que o que fere seu similar, fere a ele também. Cortar as folhas da árvore que está ruim, não é a mesma coisa que a arrancar pela raiz. Fazendo minha as palavras de excelentíssimo Criolo:

São Paulo é um buquê
Buquês são flores mortas
Num lindo arranjo
Arranjo lindo feito pra você

[embedplusvideo height=”399″ width=”660″ standard=”http://www.youtube.com/v/f35HluEYpDs?fs=1″ vars=”ytid=f35HluEYpDs&width=660&height=399&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep6074″ /]

Bonus: 24 Momentos dos protestos em São Paulo que você não verá na TV

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s